Sonho do PSG, Neymar nas semifinais da Champions.

05/03/2018 - 13:03

 

Em Paris, não há dúvida.

Nada de expectativa, tensão, segredos, drama.

A imprensa francesa garante que a recuperação do jogador levará cerca de seis semanas, no máximo. Daqui a 42 dias, ele estará pronto para voltar a jogar pelo PSG. Ou seja, perto do dia 20 de abril. 

Não há a menor possibilidade do brasileiro não disputar a Copa do Mundo.

A notícia foi dada com mais veemência depois de o médico da Seleção Brasileira, Rodrigo Lasmar, ter afirmado que ele teria uma fratura no osso central do pé. E levaria até três meses para se recuperar.

A confirmação do prazo vem de fontes intimamente ligadas ao departamento médico do PSG. Muitos acreditam que o próprio Gérard Salliant, cirurgião francês que acompanhou a cirurgia, tenha passado para o L'Equipe detalhes da cirurgia. E, do que mais interessa aos dirigentes que pagaram R$ 822 milhões, pelo atacante.

Isso é fundamental porque, se o PSG conseguir chegar às semifinais da Champions, teoricamente, poderá ter seu principal jogador. As partidas estão marcadas para os dias 24 ou 25 de abril e 2 ou 3 de maio. A final acontecerá em Kiev, no dia 26 de maio. 

Este é o grande sonho do catariano Nasser Al-Khelaïfi, dono do PSG, e do treinador Unai Emery. Daí a revolta quando Rodrigo Lasmar se atreveu a falar em volta no final de maio. Ou até em junho.

"A postura do Rodrigo foi de precaução. Ele foi cauteloso. Fez como a grande maioria dos médicos faria. Passou o pior quadro de recuperação. Para que tudo ocorra com calma. Se o Rodrigo dá o melhor, todos cobrariam se atrasasse uma, duas semanas. Ele quis preservar o Neymar, evitar pressa dos fisioterapeutas que vão cuidar dele. Só que não está em jogo apenas o interesse da Seleção Brasileira. Há também do PSG. Daí o conflito."


"Pelo que soube, a cirurgia foi um sucesso. Além do parafuso para fixar a fissura no quinto metatarso, foi usado enxerto de osso. Isso acelera muito a recuparação e passa confiança total no sucesso da operação. Neymar voltará sem problemas para jogar", me explica um médico ortopedista consagrado, que pediu para manter seu nome em sigilo.

Não haverá como Neymar voltar no Campeonato Francês, que termina no dia 19 de maio. Assim como a Copa da França. A semifinal acontecerá no dia 18 de abril e a decisão, no dia 8 de maio. A final da Copa da Liga francesa será no dia 31 deste mês, contra o Bourdeaux.

Tite adiou a convocação da Seleção Brasileira para os amistosos contra a Rússia e Alemanha, do dia 2, última sexta-feira, para o dia 12. Ele queria ter a certeza absoluta que Neymar não teria a mínima chance de estar pronto nos dias 23 deste mês em Moscou, e, principalmente, no dia 27, em Berlim. 

Agora, o treinador já tem o quadro definido. E fará o que não gostaria. Preparar o time para os dois jogos sem sua principal estrela. Ainda mais a 'revanche' contra os alemães dos 7 a 1.

Pelo menos, teve a certeza de Rodrigo que Neymar terá todas as condições de se juntar ao grupo e fazer toda a preparação para a Copa do Mundo. Ela terá início no dia 21 de maio. Neymar só não estará se o PSG conseguir chegar à final da Champions, no dia 26.

Como previsto, Neymar deixou o hospital Mater Dei, em Belo Horizonte, às 10h03, de muletas. Saiu de helicóptero para evitar jornalistas e torcedores. Voou até o aeroporto da Pampulha. Acompanhado da mãe e da namorada, Bruna Marquezine, foi para o seu jatinho. Não precisou de ajuda de ninguém. Foi de muletas, evitando colocar peso no pé direito, imobilizado por causa da cirurugia.

Ele ficará pelo menos no início de sua recuperação na mansão de R$ 28 milhões, em Mangaratiba. Terá à sua disposição seu fisioterapeuta particular Rafael Martini, que transformou em funcionário do PSG e da CBF. 

Mas o PSG não deixará que ele fique todo o período no Rio de Janeiro. Exige que seu atleta vá para Paris, no estágio final da recuperação. 

A previsão de Rodrigo Paiva é que daqui seis semanas, Neymar será reavaliado.

Mas as fontes médicas do L' Equipe, essa previsão é conservadora, grande demais.

Em seis semanas há a confiança que o brasileiro estará recuperado.

E pronto para entrar em campo.

Basta o PSG, sem ele, chegar à semifinal da Champions.

O primeiro desafio já será na terça-feira, contra o Real Madrid.

O time precisará reverter a derrota por 3 a 1.

O pai do jogador está na França e o representará na torcida.

Neymar mandará uma mensagem de incentivo ao time.

E ela será amplamente divulgada até terça-feira...

Compartilhe

Comentários

Notícias Relacionadas