Nacional de Patos venceu o Serrano, mas não foi o suficiente.

05/03/2018 - 10:03

 

O Verdão Maravilha fez o seu dever, mais ainda não aprendeu a lição, de continuar contratando atletas improdutíveis, simplesmente por serem  renomados, com exceções do goleiro Pantera, Patrick, Toninho, Silva, Cesinha e Curió, temos material para mudarmos este quadro pra melhor, acredito que com Deus e um punhado de santos,  esse pesadelo de rebaixamento, não venha atormentar, novamente a grande nação esmeraldina.

O Naça mostrou sua grandeza, vencendo o Serrano  nos seus domínios com gol de Ruan pelo o placar de 1 x 0.

O tal de Paulinho Cabeça Fria, questionava sobre a maldade que o técnico Marcos Nascimento fez com o volante Wallace Xuxa, que foi feliz em Cajazeiras na estreia do paraibano de 2018, diante do Atlético, se destacando em campo, mas não teve sequencia de jogo, na minha modesta opinião, era para o treinador dá continuidade ao garoto, pelo o que produziu, mas pelo o contrário, o colocou na geladeira,  esquecido durante toda competição, injustamente cedendo seu espaço, meu Deus do céu! pra quem? Vítor Caicó, que não tem confiança de carregar a bola, para aproveitar os espaços  existentes, como faz um volante moderno, como o nosso Xuxa, que tem uma postura afinada, desse setor.  A palavra mais adequada, pra quem troca o talentoso pelo o improdutível, é simplesmente covardia.  Comprovando essas contradições, por inúmeras vezes, me deixa mais convicto, que o senhor Marcos Nascimento, não dá crédito a jogador de Patos.

Mas vamos Canário, com Deus e um punhado de santos, agora livrar-se do fantasma do rebaixamento.


Edição: Paulinho Cabeça Fria.

 


 


Compartilhe

Comentários

Notícias Relacionadas